skip to Main Content
Atendimento: 11 3213-8620 • 11 3213-8640 11 98438-9274

Prolactina Alta: Causas e Tratamento

A prolactina é um hormônio produzida pela hipófise, cujas principais funções estão relacionadas ao desenvolvimento mamário e a lactação dos mamíferos. Diversas situações podem levar ao aumento da sua produção (hiperprolactinemia), que muitas vezes é diagnosticado em exames laboratoriais de rotina.

Quais os sintomas de prolactina alta?

Os sintomas são mais evidentes nas mulheres, que passam a apresentar galactorréia (saída de secreção leitosa pelo seio), irregularidade menstrual e infertilidade. Já os homens, apresentam como sintoma mais comum a diminuição de libido e disfunção sexual, causadas pela redução da testosterona que pode acontecer associado à prolactina alta.

Outros sintomas possíveis de acontecer quando há nódulo na hipófise é a dor de cabeça e alteração de campo visual.

Quais as causas de prolactina alta?

Há situações em que o seu aumento é normal e esperado, são elas: gestação, amamentação, estímulo mamário, macroprolactinemia, dentre outros. Uma outra causa comum é o uso de determinados medicamentos, como anticoncepcionais, medicações para náusea, psicotrópicos, dentre outros.

O médico sempre deverá estar atento a situações patológicas que podem levar ao seu aumento. Dentre as doenças que devem ser pesquisadas, podemos citar os tumores de hipófise (figura 1), hipotireoidismo, doença renal crônica, doenças hepáticas, etc.

Prolactina Alt | Ressonância com nódulo na hipófise | Dra. Raiane Crespo

Figura 1: Imagem de ressonância com nódulo na hipófise.

Qual o seu tratamento?

O tratamento dependerá da sua causa. Em casos assintomáticos, com aumento discreto da prolactina identificado em exames de rotina, pode ser indicado somente seguimento clínico.

Nas causas medicamentosas, caso seja possível, é indicado a troca da medicação por outra que não tenha efeito na prolactina. Caso não seja possível, pode ser indicado o uso de medicações para controle o seu controle.

Da mesma forma, os casos de nódulo de hipófise possuem excelente resposta ao tratamento medicamentoso. São raros os casos de nódulo de hipófise produtor de prolactina em que será necessário a cirurgia de hipófise.

O tratamento ideal deve ser individualizado e definido após uma avaliação médica criteriosa.
Consulte um endocrinologista

Fonte:
https://www.endocrine.org/clinical-practice-guidelines/hyperprolactinemia

FAQ

1. O que a prolactina alta pode causar?

Dentre as consequências do seu aumento, temos a redução da massa óssea, com aumento de risco para osteoporose, infertilidade, disfunção sexual, ginecomastia, entre outras.

2. Quando o exame da prolactina pode vir alterado?

Com o uso de determinadas medicações, gestação, tumores de hipófise e hipotireoidismo.

3. Quais medicamentos podem aumentar a prolactina?

Anticoncepcionais, anti-depressivos, anti-psicóticos, medicações para náusea e alguns anti hipertensivos podem levar a níveis aumentados de prolactina.

4. Qual o nível normal de prolactina?

Os valores de referência podem variar a depender do laboratório. Em geral, são considerados normais níveis até 30ng/mL.

Back To Top